Samsung “Continuum”

A Samsung apresentou nesta segunda, 8, o seu próximo aparelho da série Galaxy S, que roda Android. O Samsung “Continuum”, como foi batizado, não será lançado para substituir o Galaxy S, atual carro chefe da Samsung em mobilidade — a ideia, por enquanto, é ter os dois aparelhos no mercado. Mas o lançamento tem avanços em relação a seu antecessor.
O Continuum é muito parecido com o Galaxy S — tem a mesma tela sensível ao toque de 3,4 polegadas feita de Super AMOLED, por exemplo. Mas a diferença é que o Continuum tem, na parte debaixo dos botões, uma outra tela Super AMOLED, menor, que exibe informações sobre chamadas, SMS e mensagem de status enquanto a tela maior está sendo usada. Dessa forma, a atividade principal não é interrompida e você pode checar as mensagens e chamadas que chegam pela tela debaixo, que também é touchscreen. Bem como o Galaxy S, O Continuum virá equipado com Android 2.1, apesar de a Samsung garantir que o sistema será atualizado logo. A partir de 11 de novembro, consumidores dos EUA poderão comprar o novo Samsung, por enquanto só pela operadora Verizon, por preços que variam entre 100 e 200 dólares, dependendo do plano.